domingo, 24 de janeiro de 2010

Cena 6


Só há duas boas razões para chorar e eu não conheço nenhuma delas, duas. Só há duas boas razões para chorar e eu ainda não tive a oportunidade de as saborear. Há quem viva toda uma vida sem ter uma boa razão para chorar, eu penso que existem duas, não está mal. Só não sei quais são. Não faz mal. Deve ser uma de tristeza e uma de felicidade, sim deve ser isso. Pelo menos tem alguma lógica, se é que a lógica tem lógica em ser chamada a este assunto. Se me perguntarem qual é que eu preferia experimentar… Bem, talvez tristeza, não sei porquê, mas talvez essa. Deve ser mais intensa, não deve? Chorar de felicidade não deve ser muito especial, para isso já existe o riso, não é? Para a tristeza não existe mais nada. Já que é para sentir, que sinta o que mais me pode fazer sentir, certo? Comprei cebolas, eu gosto de cebolas.

1 comentário:

Sabor Adocicado* disse...

eu acho que só há uma boa razão para chorar: o amor. E esse sim, divide-se em momentos quer de alegria quer de tristeza ao lado da cara metade, familia e amigos.